Corpo, mídia e Educação Física

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Corpo, mídia e Educação Física

Mensagem por Andreia Anjos em Seg Ago 07, 2017 6:46 pm

O indivíduo age no mundo por meio de seu corpo e nele está marcada toda a sua trajetória de experiências vividas. Dentre elas, destacam-se aquelas fornecidas pela educação formal. Assim, ao corpo biológico, originado na concepção, soma-se um corpo social, constituído pelas representações presentes na sociedade e que iniciam sua influência sobre o indivíduo mesmo antes do nascimento. A partir daí todos somos pensados como membros de uma cultura.
Assim, a disciplina Educação Física, como as demais, inspira questionamentos a respeito de sua presença na escola e sua contribuição para os indivíduos e para a sociedade. A história da Educação Física no âmbito escolar tem demonstrado que os objetivos de sua inclusão na escola já passaram por diversas mudanças ao longo do seu percurso como componente do currículo. Desde a educação corporal disciplinadora, nos moldes higiênicos e militares, passando pela perspectiva esportiva, que valorizava a aptidão física competitiva, até a sua utilização como meio de aquisição da saúde e da beleza.
As diversas representações do corpo corresponderam e correspondem às várias abordagens teóricas a respeito dos objetivos dessa disciplina no currículo escolar. Nesse sentido, a ideia de corpo foi objeto de refinamento e transformação, ou seja, ele foi controlado, moldado e constituído por diversos mecanismos baseados em princípios higiênicos, militares, esportivos e mais recentemente estéticos e de saúde, na perspectiva da sociedade de consumo.
Provavelmente, as forças determinantes da modernidade líquida tenham dificultado a difusão de práticas pedagógicas críticas no ambiente escolar. Sabendo que a vida social é impregnada por representações, e que elas alicerçam a ordem social tanto quanto as estruturas econômicas, podemos afirmar que na modernidade líquida as construções simbólicas a respeito do corpo recebem grande influência da mídia, que transforma a maneira coletiva de ver e viver o corpo. Uma educação do corpo em sua integralidade, na Educação Física escolar, não foi ainda efetivada. Em geral, o corpo ainda continua a ser visto como sendo a parte menos importante do ser humano, mesmo que, contraditoriamente, o corpo apareça constantemente na mídia. A dimensão pedagógica do trabalho docente dos professores de Educação Física acerca do corpo deve ir muito além da realização e repetição de exercícios físicos em prol da qualidade de vida, que reduz o corpo à esfera biológica.

Andreia Anjos

Mensagens : 2
Data de inscrição : 18/07/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum